Semana quatrocentos e nove

Companhia das Letras

Dentro da noite veloz, de Ferreira Gullar

Lançado em 1975, este volume de poemas de Ferreira Gullar é marcado pela intensa carga política.

A idade do serrote, de Murilo Mendes

Lançado originalmente em 1968, A idade do serrote reinventa as memórias de um dos mais notáveis poetas brasileiros em uma prosa transgressora, vibrante e bem-humorada.

 

Companhia das Letrinhas

Parla, palavra, de Rogério Trenti (ilustrações de Gustavo Duarte)

Os poemas deste livro brincam com a língua portuguesa e, ao trocar letras e palavras de lugar, criam novos sentidos, inventam imagens inusitadas e provocam o leitor a refletir sobre a língua portuguesa.

Pé de pilão, de Mario Quintana (ilustrações de Rosinha)

Mais do que um poema, estes versos contam a aventura fantástica que um menino vive quando é transformado em um patinho amarelo por uma bruxa e precisa reencontrar sua avó.

 

Alfaguara

Sebastopol, de Emilio Fraia 

Este livro reúne três histórias distintas entre si, mas repletas de relações sutis que as unem. Juntas, formam uma narrativa múltipla que subverte a estrutura clássica de um conto ou uma novela, para criar um livro surpreendente.

Plataforma, de Michel Houellebecq (tradução de Paulina Wacht e Ari Roitman)

Combinando erotismo, provocação e uma visão de mundo que beira o fanatismo, Michel Houellebecq escreve um dos romances mais polêmicos e inteligentes dos últimos anos.

 

Paralela

Viva o fim, de André Carvalhal

O fim é o começo.

Como num filme, de Lauren Layne (tradução de Lígia Azevedo)

As regras são claras... até o momento em que são quebradas. Neste livro da série Recomeços, conheça a história de Ethan.

 

Suma

A pequena caixa de Gwendy, de Stephen King e Richard Chizmar (tradução de Regiane Winarski)

A pequena cidade de Castle Rock testemunhou alguns eventos estranhos ao longo dos anos, mas existe uma história que nunca foi contada... até agora.

 

Portfolio Penguin

Um homem para qualquer mercado, de Edward O. Thorp (tradução de Petê Rissatti, Rogério W. Galindo e Afonso Celso da Cunha)

A incrível história do professor de matemática e contador de cartas que ensinou ao mundo como derrotar a banca de blackjack e revolucionou Wall Street com a análise quantitativa de grandes investimentos.

 

Neste post