Marque na agenda - 23/04 a 29/04 - (2018)

Encontro Folha / Companhia das Letras - "A boa política", de Renato Janine Ribeiro

Nesta edição, o ex-ministro da Educação e professor titular de ética e filosofia política na USP, Renato Janine Ribeiro, apresenta seu novo livro A boa política - Ensaios sobre a democracia na era da internet, em debate com o historiador e cientista político Luiz Felipe de Alencastro. A mediação é de Uirá Machado. Após o bate-papo, haverá sessão de autógrafos. 

Segunda-feira, 23/04, às 19h

Local: Teatro Eva Herz - Livraria Cultura do Conjunto Nacional

Bate-papo e sessão de autógrafos - "O idiota", de André Diniz

Participe do bate-papo com o roteirista e quadrinhista André Diniz - para conversar sobre o processo de adaptação do texto "O idiota", de Fiódor Dostoiévski, para quadrinhos. A sessão de autógrafos começa às 18h e as senhas serão distribuídas com meia hora de antecedência.

Segunda-feira, 23/04, às 19h30

Local: Quanta Academia - Rua Dr. José de Queirós Aranha, 246 - Vila Mariana, São Paulo (próximo ao Metrô Ana Rosa)

Lançamento - "O sol na cabeça", de Giovani Martins, no Sarau Suburbano

Giovani Martins autografa seu primeiro livro "O sol na cabeça" durante o Sarau Cultural. O evento é gratuito.

Segunda-feira, 23/04, às 19h

Local: R. Treze de Maio, 70 - 2° Andar - Bela Vista

Milton Hatoum na FESPSP

Milton Hatoum, autor das obras "A noite da espera" e "Dois irmãos", estará na FESPSP para conversar sobre suas obras e seu processo criativo. É uma excelente oportunidade para saber mais sobre esse grande autor da literatura brasileira! Evento gratuito.

Segunda-feira, 23/04, às 19h

Local: Auditório da FESPSP - Rua General Jardim, 522 – Vila Buarque - 7° andar

Lançamento - "Reserva natural", de Rodrigo Lacerda

Rodrigo Lacerda lança seu segundo livro pela Companhia das Letras. Participe do bate-papo sobre "Reserva natural".

Em "Reserva natural", a natureza nem sempre é idílio, nem sempre é inferno. Inclui o homem, compete com ele, atiça-o e o ameaça. Formas de vida de uma comovedora e constrangedora simplicidade — bactérias, micróbios, células cancerosas — “executam suas funções biológicas sem prazer ou dor, sem juízo crítico”. Uma mulher coleciona, em vidrinhos, um pouco do ar de Paris, e humanos intrusos investigam e emulam os jogos sexuais entre as orquídeas e os insetos. Há um momento de enlevo na mesa de um massagista, um momento de alegria para o corpo, e há o pavor da morte junto ao mar, justo quando a vida parece mais intensa e inebriante. Nesses momentos, e em tantos outros, Rodrigo Lacerda nos mantém em suspenso, pregados ao texto, a esse mundo do qual estranhamente nos distanciamos. A segurança com que assume vozes distintas e a destreza com que nos enreda nessas narrativas mostram, uma vez mais, por que está entre os autores mais relevantes do país. 

Terça-feira, 24/04, às 18h30

Local: Bar e restaurante - São Cristóvão - R. Aspicuelta, 533  - Vila Madalena

Lançamento - "O que vem ao acaso", de Inez Cabral

"O que vem ao caso" é baseado nas experiências pessoais de Inez Cabral e reconstrói parte de sua infância, juventude e idade adulta. Os cenários variados do livro — Barcelona, Recife, Rio de Janeiro, Sevilha, Marselha, Madri, Genebra — são as cidades onde morou, sempre acompanhando o pai, o poeta e diplomata João Cabral de Melo Neto. E para quem acha que este livro é, na verdade, sobre ele, podem esquecer. Aqui o poeta é personagem coadjuvante. Em seu impressionante relato, Inez fala de laços familiares, descobertas pessoais, tentativas e erros, amadurecimento. Vêm ao caso sentimentos, as constantes mudanças de casa, os internatos que frequentou, a entrada na vida adulta, os amores, a maternidade... tudo reconstituído com muito humor. Inez Cabral tem o raro talento de imprimir emoção à narrativa, não importando se o assunto é um fato corriqueiro, uma experiência traumática ou um anedotário familiar. "O que vem ao caso" é um livro sobre laços familiares irreverente, divertido, uma fantástica jornada entre fragmentos de memória.

Terça-feira, 24/04, às 19h

Local: Livraria da Travessa - Botafogo 

Lançamento - "O sol na cabeça", Geovani Martins no Sarau da Cooperifa

Geovani Martins lança "O sol na cabeça" durante o Sarau da Cooperifa. Evento gratuito, participe!

Terça-feira, 24/04, às 20h

Local: Rua Bartolomeu dos Santos, 797 - Jardim Guarujá

Mesa "O sol na cabeça", de Geovani Martins, na Ação Educativa

Geovani Martins participa de uma mesa na Ação Educativa para falar sobre "O sol na cabeça". Com a estreia de Geovani Martins, a literatura brasileira encontra a voz de seu novo realismo. Nos treze contos de "O sol na cabeça", deparamos com a infância e a adolescência de moradores de favelas – o prazer dos banhos de mar, das brincadeiras de rua, das paqueras e dos baseados –, moduladas pela violência e pela discriminação racial.

Quarta-feira, 25/04, às 19h

Local: Rua Gen. Jardim, 660 - Vila Buarque

Encontro "La mia Itália", com Luiz Ruffato

Luiz Rufatto estará no primeiro encontro do ciclo "La mia Italia" para conversar sobre "Inferno provisório".

Quinta-feira, 26/04, às 19h30

Local: Instituto Italiano de Cultura - Av. Higienópolis, 436 - Higienópolis

Lançamento - "A cidade dorme", de Luiz Rufatto

A Livraria Cultura e a Companhia das Letras convidam para sessão de autógrafos de "A cidade dorme", com o autor Luiz Ruffato.
Luiz Ruffato adentra o labirinto das formas breves neste "A cidade dorme". O Volume reúne vinte narrativas escritas nos últimos quinze anos pelo autor. Juntas, compõem um painel poderoso sobre a passagem do tempo e as dinâmicas da família e da memória. A Partir de um ponto de vista pouco presente na literatura brasileira, o do trabalhador urbano, Ruffato tece uma reflexão contundente sobre o Brasil dos grandes centros e periferias. O Percurso é claro: da infância à idade adulta, da margem ao miolo nervoso das metrópoles e da linguagem. A Meninice nos anos 1960; histórias sobre futebol e a ditadura; questões ligadas à violência urbana; o universo das drogas, tudo vai se mesclando neste livro, que confirma o lugar único de Luiz Ruffato na literatura contemporânea brasileira. 

Sexta-feira, 27/04, às 19h

Local: Livraria Cultura - Porto Alegre

Neste post