Rádio Companhia #38: Os melhores do ano

E chegamos ao último programa de 2017! Vamos falar das coisas boas do ano que passou?

Pedimos para as funcionárias e os funcionários da editora fazerem três listas com os melhores do ano, indicando em cada uma delas três itens de cada categoria, sendo que pelo menos uma das listas seja sobre suas melhores leituras. Resultado: temos não só as listagens dos melhores livros, mas também os melhores shows, séries, álbuns, exposições, documentários, comidas, podcasts e até as piadas internas do nosso departamento de Comunicação. 

E foi tanta, mas tanta indicação maravilhosa e papo gostoso, que o programa foi divido em duas partes. Então, voltaremos na primeira semana de 2018 com a segunda parte deste episódio!

Aproveitamos este último post para desejar que todos os nossos ouvintes tenham boas comemorações de final de ano e ótimos momentos de leitura neste período. Até 2018! ;)

Ouça também no iTunesDeezer ou no Spotify.

Tem alguma crítica, comentário ou sugestão? Escreva para radio@companhiadasletras.com.br ou deixe seu comentário em nosso Facebook ou Twitter

E já temos o livro escolhido para o próximo Clube Rádio Companhia, que volta no final de janeiro de 2018. Se você leu, está lendo ou vai ler Anna Kariênina, de Liev Tolstói, deixe seu comentário no evento do clube de leitura para participar do podcast. Os melhores comentários ganham livros da Companhia das Letras!

As listas deste episódio:

Paulo Santana, Marketing

1. Melhores leituras no ano:
Só garotos, de Patti Smith;
Câmera lenta, de Marília Garcia;
Tartarugas até lá embaixo, de John Green (Intrínseca).

2. As edições mais bonitas:
Com o mar por meio - Uma amizade em cartas, por José Saramago e Jorge Amado;
Todo amor, de Vinicius de Moraes;
Cidades invisíveis, de Italo Calvino.

3. Melhores piadas internas do departamento de Comunicação:
- “Alô, Rosildo?”;
- “sinonimos.com.br”;
- Pessoas “fardo” x “alegria” de viver.

Indicação de YA LGBT: Tash de Tolstói, de Kathryn Ormsbee. 

Antonio Castro, editorial Seguinte e Companhia das Letrinhas

1. Três livros infantis que o deixaram mais feliz:
- Ah, os lugares aonde você irá!, de Dr. Seuss (será lançado em 2018);
O Homem-cão, de Dav Pilkey;
Coisa de menino, de Pri Ferrari.

2. Melhores livros de literatura “YA” LGBT: 
(Young Adults - YA, como se referem nesse programa - é um gênero relativamente novo no mercado editorial brasileiro, e que é destinado para jovens leitores que buscam temáticas tidas como “adultas” demais para a literatura juvenil, com o diferencial de protagonistas adolescentes ou jovens adultos. Os motes normalmente são questões do universo jovem, como descobertas amorosas e sexuais, bullying na escola, escolha de carreira profissional, pressão dos pais e amigos, etc.)
A lógica inexplicável da minha vida, de Benjamin Alire Sáenz;
- Fera, de Brie Spangler;
Quinze dias, de Vitor Martins (Globo Alt).

3. Melhores aplicativos:
Headspace;
Citymapper;
Moment.

Marina Pastore, e-books

Melhores leituras
4321, de Paul Auster (será lançado em 2018);
- Hibisco roxo, de Chimamanda Ngozi Adichie;
- Laços, de Domenico Starnone (Todavia).

Diana Passy, departamento de Marketing 

1. Melhores leituras:
O conto da Aia, de Margareth Atwood (Editora Rocco);
Fraude legítima, de E. Lockhart;
As perguntas, de Antônio Xerxenesky.

2. Autores que quer ver na Flip de 2018:
Celeste Ng;
George Saunders;
Colson Whitehead.

3. Podcasts para quem quer ser escritor:
88 cups of tea;
Curta ficção;
Os 12 trabalhos do escritor.

Clara Dias, assessoria de imprensa 

1. Melhores leituras (sofridas):
- Pretérito imperfeito, B. Kucinski;
Dias de abandono, Elena Ferrante (Biblioteca Azul);
Laços, Domenico Starnone (Todavia).

2. Séries:
- Billions;
The Crown;
- Empire of the Tsars.

3. Melhores discos do universo hipster:
Recomeçar, de Tim Bernardes;
Ottomatopeia, de Otto;
- Em noite de climão, de Letrux. 

Max Santos, Eventos

1. Melhores eventos de lançamento:
- Uma história do samba - Vol. I, de Lira Neto, no Rio de Janeiro;
- Na minha pele, de Lázaro Ramos, em Salvador e em Paraty, na Flip;
- A glória e seu cortejo de horrores, de Fernanda Torres, em São Paulo. Inclusive, tem vídeo em nosso canal com o lançamento do livro no Teatro Oficina, com direito a leituras de trechos por parte de Fernanda Montenegro, Antônio Fagundes e Zé Celso.  

2. Livros para ler com crianças no final do ano:
O Homem-cão, de Dav Pilkey;
- Coisa de menino e Coisa de menina, de Pri Ferrari;
O mundo seria mais legal, de Marcelo Tolentino.

Laura, produtora do Rádio Companhia

1. Melhores leituras:
Tudo o que tenho levo comigo, de Herta Müller;
Você é minha mãe?, de Alison Bechdel;
Nada a invejar - Vidas comuns na Coreia do Norte, de Barbara Demick.

Taize Odelli, Redes sociais 

1. Melhores leituras:
Lincoln no limbo, de George Saunders;
Manual da faxineira, de Lucia Berlin;
- História da sua vida e outros contos, de Ted Chiang.

2. Álbuns:
Sleep Well Beast, de The National;
american dream, de LCD Soundsystem;
- Pure Comedy, de Father John Misty.

3. Autoras para ler em 2018:
Zadie Smith;
Celeste Ng;
Sally Rooney.

Outras indicações: 

Desligue, de Suze Yalof Schwartz
Pacer
- Rádio Companhia #19 - As perguntas Neve negra
- Rádio Companhia #8 - Uma história do samba
Os Románovde Simon Sebag Montefiore
O livro de Jô, de Jô Soares e Matinas Suzuki Jr. 
- Rádio Companhia #14: Lucia Berlin

Neste post