Rádio Companhia #54 - Djamila Ribeiro e Esmeralda Ribeiro

 

Bem-vindo a Rádio Companhia, o podcast do Grupo Companhia das Letras! Aqui é Fabio Uehara e este é o quinquagésimo quarto programa. E hoje vamos ouvir Luara França, editora da Companhia, conversando com Djamila Ribeiro e Esmeralda Ribeiro.

Djamila Ribeiro nasceu em Santos, em 1980. Mestre em filosofia política pela Unifesp e colunista on-line da CartaCapital, foi secretária-adjunta da Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo. Coordena a coleção Feminismos Plurais, da editora Letramento, pela qual lançou o livro O que é lugar de fala? (2017). No mês passado, lançou pela Companhia das Letras o livro Quem tem medo do feminismo negro?.

Esmeralda Ribeiro, nascida em São Paulo em 1958, é jornalista e autora de Malungos e milongas (1988) e Orukomi - meu nome (2007), entre outros livros. É uma das diretoras do coletivo cultural Quilombhoje Literatura e responsável pela coordenação editorial da série Cadernos negros, atualmente no vigésimo sexto ano de existência.

Nestes 54 episódios deste podcast, tenho aprendido muito, junto com você que nos ouve. Sobre literatura, edição de livros, e também sobre muitos temas importantes. Mas em alguns momentos se fala de assuntos tão essenciais e relevantes como estes que foram abordados neste episódio, como literatura negra, racismo, feminismo e outros tantos. Espero que seja tão rico e transformador para vocês quanto foi para mim ao aprender lendo e ouvindo Djamila e Esmeralda. Elas falam de suas leituras, suas escritas, seus lugares seguros, sobre Toni Morrison e outras escritoras que as influenciaram.

Neste momento em que percebemos o quanto a literatura pode ser transformadora, a representatividade é essencial.

Obrigado a Djamila e a Esmeralda pelo tempo incrível que dividiram conosco. Obrigado também a Luara por fazer esta bela entrevista e também a Ricardo Teperman, editor da Companhia.

Semana sim, semana não a gente se vê por aqui.

 

Produção: Fabio Uehara

Edição: Jose Bárrickelo

 

Ouça também no iTunes, Deezer ou no Spotify.

Tem alguma crítica, elogio ou sugestão? Escreva pra gente no nosso email radio@companhiadasletras.com.br ou nas nossas redes sociais.

Neste post