Semana quatrocentos e trinta e quatro

Companhia das Letras

Uma mulher no escuro, de Raphael Montes

Um crime brutal cometido há vinte anos, uma única sobrevivente, o retorno calculado do assassino. Em quem Victoria deve confiar? Neste thriller psicológico, Raphael Montes une romance e suspense em uma narrativa intrincada e sedutora.

Dois artistas das sombras, de Rodrigo Naves

Ao justapor análises sobre El Greco e Oswaldo Goeldi, o historiador da arte Rodrigo Naves propõe um diálogo único e surpreendente sobre duas figuras que fizeram da opacidade do mundo sua matéria-prima.

 

Na contramão da liberdade, de Timothy Snyder (tradução de Berilo Vargas)

Em uma época em que a ascensão do populismo e do autoritarismo assombra a democracia, Snyder mergulha na história russa, ucraniana, europeia e norte-americana para entender como chegamos aqui.

Alfaguara

Boa noite, Amazona, de Manoel Herzog

Com uma prosa ágil, ácida e irônica, Manoel Herzog desponta como uma das vozes mais distintas da literatura brasileira contemporânea. Em Boa noite, Amazona seu estilo único se alia a um personagem inusitado que reflete a dicotomia de um país.

Neste post