Semana trezentos e quarenta e dois

Companhia das Letras

Letras (1961-1974)de Bob Dylan (Tradução de Caetano W. Galindo)

Em edição bilíngue, o primeiro volume das letras de um dos maiores artistas de nosso tempo — e vencedor do prêmio Nobel de literatura de 2016, acaba de chegar às lojas. Bob Dylan transformou para sempre a música popular americana. Autor de canções lendárias como "Like A Rolling Stone", "Mr. Tambourine Man" e "The Times They Are A-Changing", Dylan captou como poucos o espírito de sua época. Sem jamais se fixar em fórmulas de sucesso ou em demandas mercadológicas, experimentou dezenas de caminhos musicais, chocou fãs e críticos e ajudou a transformar o panorama artístico de seu país. Esta coleção, que será publicada em dois volumes, traz a íntegra de suas letras e dá a justa medida de seu talento, merecedor inclusive do prêmio Nobel de literatura. A edição traz as letras dos discos de estúdio e das gravações ao vivo, bem como variações, revisões e material inédito dos arquivos do compositor. Os discos deste primeiro volume cobrem os anos de 1961 a 1974.

Compre-me o céu, de Xinran (Tradução de Caroline Chang)

Este livro fala de homens e mulheres nascidos na China depois de 1979 - as gerações recentes criadas sob a política do filho único. Dentro de suas famílias, são vistos como príncipes, mas tanto afago os tornou isolados, confusos e incapazes de lidar com a vida prática. Do filho de um executivo incapaz de arrumar a própria mala ao aluno de doutorado que superou a extrema pobreza, Xinran mostra como essas gerações encarnam os medos e as esperanças de um grande país num tempo de mudanças sem precedentes. É um momento de fragmentação, em que o capitalismo convive com o comunismo, a cidade com o campo e as oportunidades do Ocidente com as tradições do Oriente. Por meio das fascinantes histórias de filhos únicos, capturamos uma faceta decisiva da China contemporânea.

Objetiva

Tancredo Neves, o príncipe civil, de Plínio Fraga

Silencioso nas articulações políticas e estrondoso na tribuna, Tancredo Neves participou dos momentos mais impactantes da história brasileira. Foi ministro da Justiça de Getúlio Vargas em 1954. Primeiro-ministro da experiência parlamentarista de João Goulart em 1961. Líder do governo, senador e governador de Minas Gerais. Nos 21 anos de resistência pacífica ao regime militar, costurou a derrocada da ditadura em 1985 aceitando eleger-se presidente, ainda que sob regras não democráticas. A posse, marcada para 15 de março, não aconteceu. Mais do que uma biografia, o livro de Plínio Fraga é uma grande reportagem sobre a política brasileira e os bastidores do poder entre as décadas de 1950 e 1980.

Seguinte

A ameaça sombria (Vol. 2 da Trilogia Echo), de Melissa Grey (Tradução de Flávia Souto Maior)

No segundo volume da trilogia Echo, a guerra entre os Avicen e os Drakharin fica mais violenta e sanguinária. Depois de libertar seu poder, Echo precisa descobrir o que deve fazer para trazer uma paz definitiva aos povos mágicos, mas o surgimento de um poderoso inimigo tornará as coisas ainda mais difíceis - e mortais.

Paralela

À procura do par perfeito, de Jennifer Probst (Tradução de Juliana Romeiro e Camila Pohlmann)

Linda, talentosa e apaixonada por seu trabalho, Kennedy transmite feminilidade, confiança e profissionalismo. Ninguém nem imagina a adolescência difícil e a vida de luta contra o peso. Coach e consultora da famosa agência de relacionamentos Kinnection, Kennedy cria dates incríveis, encoraja solteiros a brilharem e nunca recusa um desafio - nem mesmo Nate Ellison Raymon Dunkle, cujas iniciais são N.E.R.D! Engenheiro aeroespacial e gênio, é o novo cliente de Kennedy, que vai usar sua mágica para transformá-lo de desajeitado e malvestido no mais desejado gato. Quando percebe que ela e Nate são muito parecidos e podem ser perfeitos juntos, será que ela vai se permitir esse amor ou seu medo vai condená-la à solidão?

Reimpressões

Estação Carandiru, de Drauzio Varella
O conto da ilha desconhecida, de José Saramago
Caminhos cruzados, de Erico Verissimo
Brasil: uma biografia, de Lilia M. Schwarcz e Heloisa M. Starling
Uma garrafa no mar de Gaza, de Valérie Zenatti (tradução de Julia da Rosa Simões)
Para educar crianças feministas, de Chimamanda Ngozie Adichie (tradução de Denise Bottmann)
1984, de George Orwell (tradução de Heloisa Jahn e Alexandre Hubner)
Cinzas do norte (edição de bolso), de Milton Hatoum

 

 

Neste post