Semana trezentos e quarenta e oito

Objetiva

Detetives da aviação, de Christine Negroni (tradução de Leonardo Alves)
Nos acidentes aéreos descritos em Detetives da aviação, a autora mostra como cada aspecto do treinamento de pilotos, ou o funcionamento das companhias aéreas e até o design dos aviões, são peças fundamentais no quebra-cabeça que pode evitar um desastre. Unindo ciência da aviação, psicologia comportamental e entrevistas com engenheiros, sobreviventes, pilotos, especialistas em fatores humanos e outros, o livro mostra como as investigações são processos complexos, suscetíveis a manipulações e falhas pelos mais diversos motivos - políticos, econômicos e até mesmo pessoais. Um livro fascinante, de linguagem simples e clara, que pode não curar o medo de voar, mas certamente transformará os leitores em passageiros mais bem-informados.

Vida animada, de Ron Suskind (tradução de Ana Ban)
Esta é a história de Owen, um menino que pouco antes de completar três anos fecha-se em seu próprio mundo. Transtornados com a mudança repentina e radical, os pais tentam se reconectar com o filho autista. Três anos depois, numa brincadeira com um fantoche do Iago de Aladdin, Ron, imitando a voz do personagem, pergunta: "Então, Owen, como vão as coisas?". A resposta é estarrecedora: "Não estou feliz. Não tenho amigos. Não entendo o que as pessoas dizem". A partir daí, abre-se um canal de comunicação totalmente inusitado: através das animações da Disney, a que Owen assiste compulsivamente, a família vai conseguir se aproximar de seus sentimentos. Neste livro, Ron Suskind nos oferece um olhar radicalmente novo sobre o autismo. Em vez das limitações e incapacidades de Owen, suas conquistas são as linhas mestras dessa emocionante narrativa.

Alfaguara

O simpatizante, de Viet Thanh Nguyen (tradução de Cássio de Arantes Leite)
O simpatizante é um épico de amor e traição. O leitor acompanha um agente duplo comunista sem nome, que se infiltrou no exército sul-vietnamita e conseguiu se refugiar nos Estados Unidos depois da Queda de Saigon. Pessoa de confiança de um general que se recusa a admitir a derrota para os vietcongues, esse "homem de duas mentes" observa o esforço dos refugiados vietnamitas para sobreviver em uma melancólica Los Angeles enquanto secretamente reporta a seus superiores comunistas no Vietnã. É um romance arrebatador, uma audaciosa reflexão sobre o extremismo político.

Reimpressões

Caderno H, de Mário Quintana
A flor da Inglaterra, de George Orwell
A Jararaca, a Perereca e a Tiririca, de Ana Maria Machado
De cabeça pra baixo, de Ricardo da Cunha Lima
Ossos do ofício, de Gilles Eduar
Vamos brincar de estátua?, de Lúcia Barros, Márcia de Luca
Olhando para dentro: 1930-1964 (História do Brasil Nação - Vol. IV), de Angela de Castro Gomes
Menino do mato, de Manoel de Barros
Romeu e Julieta, de Andrew Matthews
A biblioteca mágica de Bibbi Bokken, de Jostein Gaarder, Klaus Hagerup
Quarenta dias, de Maria Valéria Rezende
O tribunal da quinta-feira, de Michel Laub

Neste post