Semana trezentos e vinte e um

Obra Completa, de Raduan Nassar
Raduan Nassar escreveu apenas dois livros e alguns contos, reunidos posteriormente, antes de abandonar a escrita há mais de trinta anos. Com esta breve porém decisiva obra, firmou-se como um dos maiores escritores de língua portuguesa e, mais de quatro décadas após sua estreia na literatura com Lavoura arcaica, romance publicado em 1975, continua sendo lido e estudado no Brasil e fora dele. Às edições nacionais seguiram-se estrangeiras e o reconhecimento da crítica internacional. Tendo sua obra traduzida para dez idiomas, e adaptada para o cinema mais de uma vez, Raduan Nassar foi nomeado para diversos prêmios. Esta edição, revisada pelo autor, traz, além de Lavoura arcaicaUm copo de cólera e Menina a caminho, dois contos e um ensaio inéditos no Brasil, e conta também com extensa fortuna crítica e outros aparatos textuais que cobrem a vasta recepção a estes clássicos da ficção contemporânea.

Baladas, de Fabrício Corsaletti (ilustrações de Caco Galhardo)
À primeira vista, este livro fala da balada urbana e boêmia. Assim como em seu livro anterior, Quadras paulistanas, o autor nos apresenta os chapas e as minas, toma uma média, uma cerveja, um saquê na Liberdade, sonha com uma apresentadora de “olhos de Nutella” e teme o destino solitário de Michael Corleone. Tudo isso em bem cuidadas redondilhas maiores. A balada, mais que uma experiência boêmia, é também uma forma poética tradicional, que Corsaletti mostra, neste livro, dominar à perfeição. Ilustradas pelo sempre irreverente Caco Galhardo, essas Baladas vivem do vaivém entre a farra e a ressaca, a gíria e a métrica, o brilho do momento presente e o afã melancólico de fixá-lo antes que seja tarde.

Quadrinhos na Cia.

Repeteco, de Bryan Lee O'Malley (tradução de Érico Assis)
A vida de Katie vai muito bem. Ela é uma chef talentosa, dona de um restaurante de sucesso e com grandes planos para a vida. De repente, em um único dia ela perde uma grande chance de negócios, sua paquera com um jovem chef azeda, sua melhor garçonete se machuca e um ex-namorado charmoso aparece para complicar ainda mais a situação. Quando tudo parece perdido e Katie já não enxerga mais uma solução, uma misteriosa garota aparece no meio da noite com a receita perfeita para uma segunda chance. E, assim, Katie ganha um repeteco na vida e precisará lidar com as consequências de suas melhores intenções.

Portfolio-Penguin

Como funcionam os mercados, de Alvin E. Roth (tradução de Isa Mara Lando e Mauro Lando)
Com uma linguagem acessível e exemplos universais, Alvin Roth explica a ciência que rege os mercados que não utilizam somente dinheiro em suas transações. Tomando como base as pesquisas e projetos que lhe renderam o prêmio Nobel de economia em 2012, Roth é capaz de transformar a complexa teoria de jogos e desenho de mercados em conceitos fáceis de serem compreendidos. Transplantes de órgãos, casamentos, ofertas de emprego e empresas como Amazon, Uber e Airbnb são alguns dos exemplos desmitificados pelo autor. Um livro essencial que ajuda a entender as transformações imprevisíveis que nos cercam e nos prepara para as novas oportunidades de mercado que podem surgir a qualquer momento.

Suma de Letras

Quase um romance, de Megan Maxwell (tradução de Lígia Azevedo)
Desde a perda dos pais e o fim de um relacionamento complicado, Rebecca tem levado uma vida solitária. No entanto, quando esbarra em Pizza – uma cachorrinha abandonada que parece precisar tanto de afeto quanto ela –, a jovem pressente que sua vida está prestes a mudar. Paul Stone é campeão de Moto GP, e pai de Lorena, uma menina encantadora que ele cria sozinho. Administrar a carreira e a família não é um trabalho fácil, ainda mais quando as mulheres em seu redor parecem interessadas apenas no piloto famoso, e não no homem real. Quando os dois se esbarram – com uma ajudinha de Pizza e Lorena –, Paul tem certeza de que encontrou o que vinha procurando há muito tempo. Já Rebecca não está assim tão disposta a abrir espaço em sua vida para uma nova relação, mas como resistir à amizade, aos sorrisos e aos olhares de Paul?

Alfaguara

Livro sobre nada, Manoel de Barros
Uma poesia vibrante que desacata as normas e convenções sociais marca a nova edição de um dos livros mais conhecidos de Manoel de Barros. Lançado em 1996, Livro sobre nada é um dos trabalhos mais importantes de Manoel de Barros. O título, que veio da frase de Gustave Flaubert “sempre desejei escrever um livro sobre nada”, caiu imediatamente no gosto do público e é até hoje um de seus livros mais conhecidos. Dividido em quatro partes, traz poemas curtos em que desconstrói a linguagem para reorganizar um mundo singular, em que expressa de forma contundente sua adesão a tudo que não tem importância, é solitário ou vazio. Como ele mesmo explica ao leitor, “o ‘nada’ do meu livro é nada mesmo”. 

Fontanar

Devocional com papa Francisco (organização Marcelo Cavallari)
As palavras do primeiro papa jesuíta - “Não se é cristão ‘às vezes’, apenas em determinados momentos, em certas circunstâncias, em algumas escolhas. Não se pode ser cristão assim, somos cristãos em cada momento!” seguem verdadeiras como nunca, trazendo à luz um desafio vivenciado por todos os fiéis. Como ser cristão na glória e na conquista, assim como na frustração e na tentação? Este devocional chega como uma poderosa arma da vida cristã diária, convidando os leitores a meditar e a orar todos os dias do ano. Verdadeiro apoio para a nossa fé, o volume combina versos bíblicos, orações, ilustrações sacras e meditações do próprio papa Francisco. Uma leitura necessária, que certamente trará esperança a todos que se abatem diante do sofrimento presente no mundo e que buscam o crescimento espiritual.

 

Neste post