Sempre um papo: "Mil dias de tormenta", de Bernardo Mello Franco

04/12/2018, terça-feira
19:30
Belo Horizonte (MG): Auditório da Cemig - Avenida Barbacena, 1.200

Bernardo Mello Franco é o convidado do “Sempre um papo” para divulgar o lançamento de seu mais recente livro Mil dias de tormenta.

Entre janeiro de 2015 e outubro de 2017, o Brasil viveu em estado de convulsão permanente, em uma espiral de escândalos que desafiou as melhores análises e previsões. Esses mais de mil dias de crise foram testemunhados de perto pelo jornalista Bernardo Mello Franco, em suas colunas na Folha de S.Paulo, agora reunidas em livro.

No final de 2014, os eventos que mais tarde redundariam no impeachment da presidente eleita Dilma Rousseff começaram a asfixiar o governo. A Operação Lava Jato, a degradação da economia, a perda de importantes aliados, tudo isso levou o Partido dos Trabalhadores a uma encruzilhada. A polarização tomou conta das ruas, da internet, da mídia. A conspiração que derrubou Dilma teve em seu vice-presidente o principal articulador. Michel Temer soube arregimentar os parceiros certos e Dilma foi afastada. Mas a travessia de Temer também foi conturbada - líder de um governo frágil e considerado ilegítimo por muitos, se tornou o presidente com a menor popularidade da história brasileira. Ainda que pressionado por sérias denúncias criminais, corroboradas por gravações reveladoras, continuou obstinadamente agarrado ao poder.

Diariamente, Bernardo Mello Franco testemunhava, em sua coluna, a sucessão de acontecimentos. Este livro começa em 1º de janeiro de 2015, quando Dilma Rousseff tomou posse como presidente pela segunda vez. Os fatos se sucederam em ritmo veloz, com desfechos inesperados. As colunas deste volume vão até o fim de outubro de 2017, quando a Câmara arquivou a segunda ação criminal contra Temer.

Um trabalho memorável, Mil dias de tormenta já nasce como um documento de nossa história recente, um registro de impressionante lucidez em meio ao clima explosivo que tem tomado conta do país.