Novo livro de Zygmunt Bauman e biografia de Einstein nos lançamentos do mês

Em maio, chegaram às livrarias obras que propõem um novo olhar sobre fatos e histórias que já conhecemos. Da discussão sobre questões da atualidade, com Zygmunt Bauman e Gustavo Dessal, passando pela biografia de um dis maiores cientistas do século XX, e um novo olhar sobre o acaso. Fechando o mês, o psicanalista J.= D. Nasio mostra como o processo de criação artístico pode ser abordado a partir da psicanálise.

 

Fruto da intensa correspondência entre Zygmunt Bauman, um dos mais importantes pensadores contemporâneos, e o psicanalista argentino Gustavo Dessal, O retorno do pêndulo toma como ponto de partida o conceito de liquidez e o pensamento de Freud. Nesse encontro entre a sociologia com a psicanálise, os autores refletem sobre questões-chave da atualidade: segurança versus ausência de liberdade; a aflição do homem no mundo líquido e sua busca por uma identidade; a fragilidade das relações humanas; a marginalização dos imigrantes; entre outros temas tão caros ao sociólogo polonês. O livro apresenta um diálogo rico, que nos convida a pensar a sociedade em que vivemos.

 

Uma perspectiva inovada também pode ser vista em Einstein: Biografia de um gênio imperfeito, de David Bodanis. A biografia recria a trajetória do físico revolucionário da infâncioa até seus últimos anos. O livro traça um retrato íntimo, que aborda tanto a vida pessoal do célebre físico, com seus romances e rivalidade, quanto seus objetivos e conquistas científicos. O livro revela o quanto devemos a Einstein – e quanto mais ele poderia ter alcançado se não fossem por suas imperfeições demasiado humanas.