Oito livros para o Dia dos Pais

 

O Dia dos Pais está chegando! 

Para celebrar a data, selecionamos oito títulos que abordam temas desde a paternidade e a complexidade dos relacionamentos familiares até assuntos mais gerais como história, estratégia e autoconhecimento. Confira a lista abaixo, o próximo presente para o seu pai pode estar aqui!

1. Ganhadores, de João José Reis

Neste lançamento, o historiador João José Reis reconstitui a história dos negros de ganho, ou ganhadores, protagonistas de uma insólita greve que paralisou o transporte na capital baiana durante vários dias em 1857. Baseado em ampla investigação em documentos escritos, impressos e iconográficos, Ganhadores é um livro revelador e essencial para se compreender a intrincada rede de relações sociais, econômicas e culturais que estruturava a sociedade baiana do século XIX, ancorada na instituição da escravidão e caracterizada por um sistema de controle baseado numa economia de favores e domínio paternalista. 

 

2. A arte da guerra, de Sun Tzu

Por mais de 2500 anos, A arte da guerra tem sido referência para líderes de diversas áreas do pensamento. Com suas táticas sobre como manobrar um campo de batalha, ganhar terreno inimigo e trabalhar com disfarces e subterfúgios, é um texto seminal da cultura chinesa que se torna cada vez mais acessível ao leitor ocidental. Além do escrito base de Sun Tzu, a edição inclui uma seleta de seus mais importantes comentadores, que explicam a influência de A arte da guerra não só no militarismo, mas também na gerência administrativa e nas técnicas modernas de liderança.

 

3. Serotonina, de Michel Houellebecq 

Niilista lúcido, Michel Houellebecq  constrói um personagem obsessivo e autodestrutivo, que analisa a própria vida e o mundo que o rodeia com um humor ácido e virulento. Serotonina mostra que o autor continua sendo um dos mais perspicazes analistas do século XXI.

 

4. Nudge de Richard H. Thaler e Cass R. Sunstein

Com base em décadas de pesquisas em ciência comportamental e usando diversos exemplos reveladores, os autores mostram que nenhuma opção nos é apresentada de forma neutra, e que estamos todos suscetíveis a tomar decisões ruins. Ao compreender como as pessoas pensam é possível, no entanto, estabelecer uma “arquitetura da escolha” que facilita o reconhecimento das melhores opções para nós mesmos, nossa família e nossa sociedade, sem restringir nossa liberdade. 

 

5. Olívia tem dois papais, de Márcia Leite e ilustrações de Taline Schubach

Filha adotiva de Raul e Luís, Olívia é uma menina curiosa e alegre, que adora usar palavras complicadas e desfiar grandes raciocínios quando conversa com seus dois pais. Conheça um dia da vida de Olívia, suas relações familiares e algumas de suas inquietações.

 

6. Dois irmãos, de Fábio Moon e Gabriel Bá

Ao mesmo tempo que preserva a força narrativa de Hatoum, esta adaptação evidencia o talento de Bá e Moon na construção de histórias que alternam entre a tragédia, a delicadeza, a brutalidade e o humor. No traço deles, a vida dos gêmeos Yaqub e Omar ganha novos contornos épicos. A Manaus dos quadrinhos, feita de um jogo de luz e sombras, acolhe este drama que cruza gerações e, seja nos grandes planos ou nos mínimos detalhes, carrega o enredo original de energia e vitalidade. 

 

7. O problema dos três corpos, de Cixin Liu

 

Até onde você iria para entrar em contato com seres extraterrestres? O problema dos três corpos é uma crônica da marcha humana em direção aos confins do universo. Uma clássica história de ficção científica, no melhor estilo de Arthur C. Clarke. 

 

8. Hippie, de Paulo Coelho

Em seu livro mais autobiográfico, Paulo Coelho nos leva a reviver o sonho transformador e pacifista da geração hippie.

 

 

Neste post
Acesse a Letrinhas nas redes sociais