Outros acercas do incrível mundo preto e branco dos revisores

Huendel Viana*

Leia aqui o texto "Acerca do incrível mundo preto e branco dos revisores", escrito por Huendel em 2019.

 

O revisor, esse abelhudo

  1. O revisor passa a vida virando a página.
  2. Atenção, navegantes: fiquem na margem.
  3. Para o revisor, todo ovo tem pelo, todo gato pula.
  4. A difícil arte de caçar uma gralha com as mãos.
  5. Revisor que se preze adora pastel e café.
  6. Às vezes dá vontade de lançar folhas ao vento.
  7. O revisor é o primeiro leitor do livro; e pode também ser o último.
  8. Descorrigir é a vergonha suprema.
  9. Por que será que não existe ciclope revisor?
  10. Sou do tempo em que se revisava no papel.

 

Observações de cadeira

  1. Livro é um lar com quintal sem muro.
  2. Livro bom acaba logo e não acaba nunca.
  3. Todo livro é livro de autoajuda.
  4. Dicionário é uma forma de Deus.
  5. Quadrinho japonês se lê plantando bananeira.
  6. Romances bons rejuvenescem como a língua.
  7. Fãs não são bons biógrafos.
  8. Tem tijolo que só serve como tijolo.
  9. Atirou-lhe o livro no intuito de abrir-lhe a cabeça.
  10. Toda página tem o outro lado.

 

O que é o que é?

  1. Tem miolo mas não é pão, tem orelha mas não ouve.
  2. Um ser fabuloso que tem rosto, segundo rosto e falso-rosto.
  3. Usa capa e sobrecapa, mas não gosta de tomar chuva.
  4. Não veste calça, mas quando famoso usa cinta.
  5. Vive fechado em si, mas se revela ao primeiro impulso.
  6. Tem orelha, mas não gosta de orelhas.
  7. Uma torre de papel cercada por guardas.
  8. Fechado em pé está dormindo, aberto deitado está acordado.
  9. Comunicam o mundo, embora incomunicáveis entre si.
  10. Um livro que são vários e vários livros que são um.

 

Uma anedota para encerrar

Era uma vez um escritor

que não tinha o hábito de ler.

Quando lhe disseram que alguns revisores também não tinham,

ficou muito espantado

e achou uma barbaridade.

 

***

Huendel Viana é mestre em teoria literária pela USP e revisor da Companhia das Letras. Assina a coluna "Aspectos da Literatura Poços-Caldense" no Jornal da Cidade de Poços de Caldas (MG).

 

Neste post
Acesse a Letrinhas nas redes sociais