Rádio Companhia #129 - "Meridiano de sangue", de Cormac McCarthy, por Carol Bensimon e Antônio Xerxenesky

Neste episódio, falamos sobre Meridiano de sangue, de Cormac McCarthy, um épico inesquecível e brutal sobre o Oeste americano ― um lugar violento e imprevisível, onde real e imaginário se fundem em uma história com dimensões apocalípticas. Saudado por críticos como Harold Bloom como um dos maiores feitos estéticos dos Estados Unidos, o livro, há muito esgotado, voltou ao catálogo da Editora Alfaguara em nova edição com capa de Gustavo Piqueira e Samia Jacintho (Casa Rex) e tradução de Cássio de Arantes Leite.

Participam do episódio Carol Bensimon, autora da Companhia das Letras cujo último romance é O clube dos jardineiros de fumaça (Prêmio Jabuti 2018 na categoria Romance), leitora fiel das histórias de caubóis do autor, e Antônio Xerxenesky, também autor da casa — que acaba de entregar o seu novo romance para a editora! — e é entusiasta há muito tempo de McCarthy. O episódio é apresentado por Mariana Figueiredo e conta com leituras da obra por Paulo Júnior.

***

Apresentação: Mariana Figueiredo

Leitura de trechos, edição e produção: Paulo Júnior

***

Ouça no SoundCloud, iTunes, Deezer, Spotify ou no seu agregador de podcasts favorito. Tem alguma crítica, elogio ou sugestão? Escreva pra gente no nosso e-mail, radio@companhiadasletras.com.br, ou nas nossas redes sociais.

Neste post