" />

Rádio Companhia #135 - Clube Rádio Companhia - Depois a louca sou eu

No novo episódio do Clube Rádio Companhia, gravado de forma on-line seguindo os protocolos de distanciamento social,conversamos sobre o livro Depois a louca sou eu, de Tati Bernardi. O apresentador Enrico Sera recebeu para o bate-papo: Marina Pastore, gerente de projetos digitais; Camila Berto, do departamento editorial; Thaís Britto, da assessoria de imprensa; Bruna Maia, autora do livro Parece que piorou, da Quadrinhos na Cia; e Julia Rezende, que dirigiu o filme Depois a louca sou eu.

Nos últimos anos Tati Bernardi, com seu estilo escrachado, ágil, inteligente e confessional, angariou legiões de leitores e fãs. Em Depois a louca sou eu, todos esses traços estão presentes, mas em torno de um ponto comum: a ansiedade. Tati consegue a alquimia de falar de um tema delicado, provocar gargalhadas e ainda manter o pacto de seriedade com o leitor. A velocidade de suas frases ecoa uma mente em tumulto. A clareza das descrições expõe com limpidez sentimentos íntimos e difusos. A capacidade de rir de si mesma confere a tudo isso distância, graça e humanidade.

Este episódio contém spoilers e, por vezes, apresenta interferências e ruídos nos microfones por conta da gravação on-line!

Outras referências citadas no episódio:

Você nunca mais vai ficar sozinha (Tati Bernardi)

Parece que piorou (Bruna Maia)

A náusea (Sartre)

Garota, mulher, outras (Bernardine Evaristo)

Me diga quem eu sou (Helena Gayer)

Meu ano de descanso e relaxamento (Ottessa Moshfegh)

Morra, amor (Ariana Harwicz)

Maternidade (Sheila Heti)

David Sedaris

Divertidamente

Modern Love

The Marvelous Mrs. Maisel

Homeland

 

***

Ouça no SoundCloud, iTunes, Deezer, Spotify ou no seu agregador de podcasts favorito. Tem alguma crítica, elogio ou sugestão? Escreva pra gente no nosso e-mail, radio@companhiadasletras.com.br, ou nas nossas redes sociais.

Neste post