Riqueza, ganância e desafios. O destino da África é destaque de julho

Os fãs de história têm um lançamento de peso esse mês:O destino da África. Nesse que é o mais abrangente estudo do continente africano disponível, o historiador Martin Meredith atravessa 5 mil anos de história. Do Antigo Egito aos dias de hoje, descreve a vida de reinos e impérios ancestrais; mitos históricos; a disseminação do cristianismo e do islamismo; a caça ao ouro e a outras riquezas; o tráfico de escravos; os feitos de exploradores e missionários; o impacto da colonização europeia; e a aguardada independência.

Examinando o destino dos Estados africanos modernos pós-coloniais, o autor conclui com uma projeção de seu futuro.

Para quem gosta de comportamento, uma ótima sugestão de leitura é Como aprendemos a comer, de Bee Wilson. O livro parte da premissa de que comer é um comportamento aprendido, e justamente por isso é possível mudar a nossa relação com a comida.

Desde a infância começamos a combinar sabores, a ver se uma porção é grande demais, a gostar de verduras (ou não). Mas como essa educação se dá? Como o paladar individual se forma? A autora usa as mais recentes pesquisas para revelar como nossos hábitos alimentares são moldados por diversos fatores.

Bee Wilson também é autora de Pense no garfo!, uma viagem pela cozinha ao longo dos tempos que revela a história oculta de objetos cotidianos sobre os quais raramente pensamos - e sua influência sobre o que, e      como, comemos!

Os Clássicos Zahar em edição bolso de luxo ganharam a companhia de A ilha misteriosa, de Jules Verne.

 

Neste post