"Se a rua Beale falasse" concorre a 3 categorias do Oscar 2019

 

Se a rua Beale falasse foi um dos destaques entre as indicações do Oscar 2019, anunciadas na manhã desta terça-feira. Inspirado no romance de James Baldwin, o filme de Barry Jenkins — diretor do vencedor do Oscar Moonlight (2016) — concorre em três categorias. São elas:

Melhor Roteiro Adaptado (Barry Jenkins)
Melhor Atriz Coadjuvante (Regina King)
Melhor Trilha Sonora (Nicholas Britell)

O filme já venceu algumas das premiações da temporada, como o Globo de Ouro e o Critics' Choice Awards. A atriz Regina King, que brilha no papel de Sharon Rivers, mãe da protagonista Tish (KiKi Layne), levou o troféu de melhor atriz coadjuvante em ambas.

Assista ao trailer:

O filme é uma adaptação do livro de mesmo nome, Se a rua Beale falasse, o quinto romance de James Baldwin. Publicado originalmente em 1974, o livro chega agora às livrarias brasileiras, com tradução Jorio Dauster e posfácio de Márcio Macedo. A primeira tiragem da edição física também sai com uma sobrecapa especial baseada no pôster do filme.

A narrativa começa quando Tish, de 19 anos, descobre que está grávida de Fonny, de 22. A sólida história de amor dos dois é interrompida bruscamente quando o rapaz é acusado de ter estuprado uma porto-riquenha, embora não haja nenhuma prova que o incrimine. Convicta da honestidade do noivo, Tish mobiliza sua família e advogados na tentativa de libertá-lo da prisão.

Sucesso de bilheteria e crítica desde antes de sua estreia nos EUA, em dezembro, o filme chega aos cinemas do Brasil no dia 7 de fevereiro pela Sony Pictures. Enquanto isso, clique aqui e garanta já seu exemplar do livro.

 

Ouça a playlist inspirada no livro e no filme

 

Neste post
Acesse a Letrinhas nas redes sociais